Sapateando

Não é preciso ser nenhuma Imelda Marcos para adorar sapatos. Por quê? Juro que não sei, mas poucas mulheres, creio, são imunes ao seu fascínio. E porque combinar sapatos e roupas, para a maioria das mulheres, é necessidade, os pares de sapatos se multiplicam. Pior (?!): mesmo quando não pensamos em combinações, também achamos desculpas para comprar mais um (ah, é lindo, essa cor é incrível, é tão confortável, e se eu ficar rica e precisar de um sapato apropriado para ir ao Alaska?).

O problema, depois, é como guardá-los. Então: você pode usar um armário de farmácia, uma cristaleira, um guarda-louças, um armário embutido e envidraçado...além das opções baratinhas e práticas: molduras de gesso, cestos aramados, caixotes, prateleiras, paletes, cabides, sapateiras de plástico...Lembre-se que, quando guardados muito tempo sem uso, os sapatos costumam ficar ressecados, com uma cara estranha. Se esse for o caso, embale-os bem, tire de vez em quando para arejar e limpe-os regularmente.

Se ficam em lugares pouco arejados, coloque pedaços de giz para que não mofem. Viu? Dá trabalho ter muitos pares. E quem não hesita em jogar fora aquele par bem velhinho, talvez o mais querido de todos, companheiro daquela camiseta fresquinha, puída e esburacada?

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
RSS Feed
Design, decoração, arte, móveis e objetos sustentáveis