Poesia da boa


Conheço Leminski (ok, é uma metonímia) desde tempos imemoriais. E sempre gostei muito. Poesia de altíssimo nível. As incursões pela publicidade aguçaram ainda mais o raciocínio extremamente criativo de Leminski, resultando na aparente simplicidade de sua escrita. Sendo de compreensão aparentemente fácil, seus poemas são inteligentíssimos e sofisticados.


Passeou por aí, fez música, escreveu, criou slogans bacanas, conheceu um número absurdo de pessoas (de todas as tribos) e escreveu com intensidade e maestria. Não posso deixar de dizer que Alice Ruiz, com quem foi casado, também é uma poetisa genial, que não teve o reconhecimento que merecia.


Não obstante, Leminski continuará para sempre sensacional, e o livro foi um dos bons presentes que ganhei na vida.







  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
RSS Feed
Design, decoração, arte, móveis e objetos sustentáveis