O charme e o encanto da poesia polonesa


O livro foi um presente. E a verdade é que Wislawa Szymborska (tudo bem, eu também não sei pronunciar este nome) escreve muitíssimo bem, de um jeito profundamente simples, exatamente como eu gosto. E mais, há um discurso feito por ela ao ganhar o Nobel de 1996. Adorei até o discurso. Confesso que quando ouço essa palavrinha "discurso", tenho vontade de me jogar no chão e ficar lá, imóvel, prostrada. Quando preciso ouvir um discurso (daqueles cuja entonação sobe ao final de cada frase cheia de palavras pomposas), então... mas, enfim... ótimo livro, com o bônus da tradução para o polonês. Obviamente, não consigo ler no original, mas acredito que há muitos poloneses no país, então é uma boa. E não é que a simplicidade é mesmo o mais alto grau de sofisticação?





  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
RSS Feed
Design, decoração, arte, móveis e objetos sustentáveis