Numa tacada


Pois é, há séculos eu queria ler este livro. Sou fã do autor, gosto de tudo o que ele escreve. Aí, fiquei esperando uma promoção para comprar, até que, na última quinta-feira, decidi: Quer saber?! Surpresa: quando fui passar no caixa, o preço estava baixinho, baixinho, pouco mais que o preço de uma revista. Daí, que comecei a ler na mesma noite. E, no outro dia, mesmo com dor de cabeça, continuei. E no outro também, ainda com dor de cabeça. Li numa tacada, ou melhor, numa deitada só. E é impossível ser de outro jeito, no caso de Paul Auster. Não dá para parar de ler.


E sempre tem algum personagem escrevendo um livro, pesquisando, o que deixa o leitor super informado, já que as citações são reais, os acontecimentos políticos, o modo de vida americano, os filmes, os jogadores de futebol (talvez uma obsessão do autor)... E ponderações filosóficas, leveza, profundidade, humanidade. O autor mora no Brooklyn, já retratado em outro livro e mencionado neste. Terminado o livro e voltando para a vida real (?), fica a sensação: quero voltar para Nova York, mas a Nova York do livro, com os personagens do livro. Será que Miles Heller estará por lá? E Sunset Park, como estará atualmente?




  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
RSS Feed
Design, decoração, arte, móveis e objetos sustentáveis